O Fundo de Previdência da Prefeitura de Barra do Piraí recebeu, nesta quarta-feira (22), a aprovação do Ministério da Previdência para receber o documento do Programa de Certificação Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios (Pró-Gestão RPPS). A cidade está entre as únicas seis do Rio de Janeiro a ganhar o “sinal verde” da União para ganhar a chancela.

 

De acordo com o Ministério da Previdência, o Pró-Gestão busca aprimorar a administração dos regimes próprios e conferir mais transparência no relacionamento com os segurados e a sociedade. Inicialmente, apenas os Fundos de grandes cidades, como a capital fluminense, haviam conseguido integrar o programa. Agora, com a aprovação, Barra do Piraí passará a compor esse grupo, sendo o sexto município de 92 de todo o estado.

 

A diretora do Fundo Municipal de Previdência, Pâmela Lúcia Ornellas Pinto Oliveira, afirma que o reconhecimento do órgão federal é mais um resultado positivo alcançado pela pasta. “Desde que assumimos, nosso objetivo primeiro é garantir o patrimônio do servidor público barrense. De 92 municípios, apenas seis estão aptos a receber a certificação do Pró-Gestão, e nós ficamos felizes por estar entre eles, pois isso significa, para o funcionalismo, uma demonstração a mais da solidez e da transparência do nosso trabalho”, avalia.

 

Já o prefeito Mario Esteves destaca que esse é um passo importante para o Fundo Municipal de Previdência, que enfrentava graves problemas no início de 2017. “No início da gestão, encontramos uma dívida de mais de R$ 30 milhões somente na pasta. Há mais de um ano não se faziam os repasses para o Fundo. Nós priorizamos a questão, que era crítica, e equacionamos as contas, é um trabalho que não começou agora. Os frutos são para o futuro do funcionalismo, que, no nosso governo, é uma responsabilidade sagrada”, arremata.

Compartilhar: