Valdecir Honório, de 42 anos, morreu no último dia 30 de janeiro. Segundo os familiares, ele teve um derrame. Familiares acusam o médico de plantão da unidade do Posto de Pronto Atendimento, do distrito de Arrozal, de omissão de socorro.

Prefeitura de Piraí divulga nota:

“A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Piraí informa que o profissional em seu posto de trabalho, no caso o médico, durante seu horário tem autonomia e é responsável pelos atendimentos e diagnósticos, quanto avaliações e liberação ou não da ambulância do Pronto Socorro do distrito. Por isso, fez necessário a abertura da sindicância para averiguação do ocorrido e execução dos fatos”.

Compartilhar: